domingo, 24 de janeiro de 2010

Invasão dos EUA no Haiti


O exército dos Estados Unidos ordenou aos jornalistas estrangeiros, sem explicações "de qualquer tipo", que têm que abandonar nas próximas horas o aeroporto de Port-au-Prince, no Haiti.

A denúncia foi feita pelos enviados de vários órgãos de informação espanhóis que acusam os militares de terem dado um prazo "de poucas horas" para que os jornalistas abandonem o local.

"Os soldados estadunidense decidiram expulsar os jornalistas do aeroporto de Port-au-Prince onde estão dezenas de jornalistas, sem dar explicações de qualquer tipo", relatou o enviado da Rádio Televisão Espanhola, Fran Sevilla.
Os aviões com alimentos e medicamentos estão sendo desviados para outras bases ou para a vizinha Republica dominicana. Esses atrasos comprometem cada vez mais a situação já critica do Haiti, que precisa urgentemente de ajuda, um dos médicos sem fronteiras que foi obrigado a pousa na Republica Dominicana por que os EUA não autorizou que o avião que ele estava aterrisasse comparou essa situação com a da primeira guerra mundial.

O Haiti é um país que tem grande interesses para os EUA devido principalmente a sua posição geografica, fica perto de Cuba e bem no meio da parte insular da América Central, assim com já vem fazendo com 6 bases na Colômbia, eles estão aproveitando essa catástrofe para tomar conta do Haiti e transforma-lo em base militar, para monitorar cada vez mais a América Latina e impedir o crescimento do Socialismo no continente.

2 comentários:

  1. Gostaria muito de acreditar que o governo americano não pactua com diabo...

    ResponderExcluir
  2. ...gostaria de acreditar nas pessoas.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails